Usuários apontam más condições de “ponto de ônibus” em Campinas de Pirajá

Entre os problemas estão a falta de abrigo, de assentos, segurança e a má iluminação, o que aumenta o risco de assaltos.

Foto: Google Maps
Postado em 20/05/2019 6:47

Share Button

Usuários de transporte público da região de Campinas de Pirajá, procuraram a nossa redação e informaram que se sentem diariamente prejudicados por conta da mudança de um suposto ponto de ônibus, que só aumentou as más condições para quem precisa usar o transporte público, que já não é dos melhores.

O suposto ponto de ônibus antes localizado em frente à Rua Vila Franco e ao lado da Brasão Churrascaria, próximo à Estação Pirajá, agora está localizado à uma distância de cerca de 100 metros em frente à Escola de Vigilantes, e a situação só piorou, segundo usuários.

Os problemas já eram diversos e se tornaram ainda maiores, exemplos disso são: a falta de abrigo, de assentos, iluminação adequada e a falta de segurança, durante a noite o local se torna um breu, como podemos conferir nas imagens.

Local onde estava o ponto de ônibus
Foto envidada por um leitor e usuário de transporte público naquela região.
Momento em que um ônibus parou para embarcar e desembarcar passageiros.

 

O Ponto de ônibus nunca houve nenhuma adequação, o local anterior havia apenas uma placa de sinalização de Ponto de Ônibus em um poste. E pelo visto, a SEMOB não apresentou nenhum tipo de melhoras para a mudança exercida. O Informe Pirajá foi até lá e constatou os fatos.

“É um absurdo! Eles só fizeram tirar dali e colocar aqui! Aqui é mais escuro e sem um comércio ou empresa aberta durante a noite. Lá no outro local pelo menos tínhamos uma sensação melhor, pois havia alguns comércios do lado e as residências também.” Informou a estudante Alessandra.

De fato, constatamos que o local é completamente inadequado e em casos de sol ou chuva, por exemplo, as pessoas não podem se abrigar. Os usuários agora temem que a situação possa levá-los a sofrer ainda mais.

“Uso o ponto diariamente e fico indignado com a forma que foi realizada a mudança desse ponto. Em vez de melhorar, só fez piorar. Quando descemos do coletivo, é um escuro só. Isso ocorre principalmente durante a noite, meu filho… Porque esse espaço também não é bem iluminado. O ônibus para e faz sombra. Quando o passageiro desce, há risco de colocar o pé dentro dos buracos, o que é complicado.” disse o aposentado Haroldo de Oliveira.

Local para onde foi transferido

 

O Informe Pirajá tentou entrar em contato com a Assessoria de Comunicação da SEMOB – Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, e como sempre não obtivemos êxito. Ficando a cargo da mesma, resolver tal situação.

 

Informe Pirajá
Valorizando o que é do bairro!

Acompanhe também nossas notícias e conteúdos exclusivos através das nossas redes sociais, no Facebook: Informe Pirajá, no Instagram: @informepiraja.

Comentários

comentarios

Fonte: Informe Pirajá